Discos de ruptura - introdução

Por que discos de ruptura

Os discos de ruptura são, ao lado das válvulas de segurança, os dispositivos de proteção contra pressão mais comumente usados nas plantas industriais. Eles protegem vasos e tubulações contra deformação e outros danos. O principal objetivo é proteger totalmente e, ao mesmo tempo, minimizar o tempo de parada do sistema.

O que é um disco de ruptura

Os discos de ruptura são dispositivos de segurança com um ponto de ruptura definido, que responde a uma pressão específica e são usados para alívio de pressão na mais diversa gama de aplicações. Eles são usados para proteger contra sobrepressão ou vácuo em um processo, para a proteção de pessoas, meio ambiente e equipamentos. Originalmente uma solução muito simples, os discos de ruptura evoluíram muito em resposta à crescente exigência da indústria tais como alternância de pressões ou temperaturas de processo maiores, e o aumento da tecnologia de processo nos anos recentes. A maior vantagem sobre sistemas de segurança carregados por mola, pneumáticos ou eletrônicos é o desempenho à prova de falha dos discos de ruptura - isso os torna o dispositivo de segurança mais econômico e importante nas empresas do setor. A alta confiabilidade é importante para prevenir tempos de parada desnecessários do sistema. Entretanto, como um sistema à prova de falha o disco de ruptura depende significativamente da qualidade de fabricação e do material usado.

Projeto dos discos de ruptura

Os discos de ruptura para alívio de pressão são redondos ou quadrados, consistem de uma ou mais camadas, e são planos ou abaulados.

REMBE Zugbelastete Berstscheibe DODOD F         REMBE Umkehrberstscheibe KUB<sup>®</sup>

 

 

Muitos discos de ruptura são equipados com pontos de ruptura que são criados por exemplo, por meio de lasers. Eles podem ser de cortes simples ou mesmo geometrias especiais. Esta parte dos discos de ruptura é conhecida como o elemento de ruptura.

REMBE Umkehrberstscheibe KUB<sup>®</sup>

 

 

 

 

 

Diferentes aplicações exigem diferentes tipos de discos de ruptura. Eles são feitos de metais ou plásticos, de uma ou mais camadas, e eles podem ser abaulados ou planos. Os discos de ruptura abaulados têm o domo voltado para o processo (disco de ruptura de ação reversa), ou longe do processo (discos de ruptura de ação direta). Nessas diferentes variedades, há uma ampla gama de possíveis combinações.

Por exemplo, uma película plástica é inserida entre as camadas de metal para discos de ruptura de seção tripla, para atingir até mesmo as pressões de ruptura mais baixas. Os materiais usados vão desde diversos aços inoxidáveis até materiais de qualidade superior tais como Inconel, Hastelloy ou Tântalo, e até revestimentos plásticos tais como PTFE ou FEP.

 

Os discos de ruptura são instalados diretamente entre os flanges ou inseridos em um suporte de disco de ruptura correspondente que é então, montado entre os flanges. Em alguns casos o disco de ruptura já é soldado no suporte pelo fabricante. Esses suportes são, então, montados com as conexões necessárias, ex. roscado (NPT, G ou rosca específica do cliente, sistema de conexão (ex. VCR) ou diversos flanges (ISO-K, KF, ISO-F, CF)).

 

REMBE Maßgeschneiderte Kompaktberstscheibe UKB-LS                         REMBE Stopfenberstscheiben

 

 

Um grande número de discos de ruptura e outros dispositivos de segurança são instalados nas plantas industriais. Uma ampla gama de opções de sinalização estão disponíveis, para receber imediatamente as informações sobre o acionamento (abertura) de um disco de ruptura. A maneira mais fácil de alcançar isso é com um cabo de acionamento que é fixado no disco de ruptura e é conectado ao sistema de controle de processo. Com a abertura do disco de ruptura, o cabo rompe, o circuito é interrompido e o acionamento do disco de ruptura é comunicado para o sistema de controle de processo. Se houver, particularmente, uma alta demanda de estanqueidade, métodos de sinalização não invasivos (ex. sensor de proximidade magnético NIMU) são usados.

REMBE Signalgeber NIMU

 

 

 

 

Classificação de tipos de discos de ruptura

Disco de ruptura de ação reversa
O domo do disco de ruptura está voltado para o processo e permite pressões de operação muito altas (veja também: informações técnicas chave sobre discos de ruptura) e uma relação de pressão de operação muito alta. 

Discos de ruptura de ação direta
O domo dos discos de ruptura ficam voltados para fora do processo.

Discos de ruptura compactos
Eles normalmente são discos de ruptura de ação reversa ou direta, de tamanho tubular nominal muito pequeno, que normalmente são colados com adesivo ou soldados ao alojamento / suporte.

send enquiry